sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Que fim levou a Internet via rede elétrica

QUE FIM LEVOU A INTERNET VIA REDE ELÉTRICA 
Estimados - estamos nos dias de hoje, sobre constante influencia de fontes de QRM que interferem ou mesmo inviabilizam as telecomunicações via radiofrequência, afetando diretamente os serviços de radiocomunicação em geral, e em especial serviço de radioamador, radioescuta e faixa do cidadão.
As fontes chaveadas utilizadas nas lâmpadas LED, aparelhos de TV, carregadores de celular, conversores de tv digital, videogames e outros equipamentos eletrônicos são os grandes poluidores do espectro de RF, não tendo sido, no tempo devido, avaliado seu impacto como geradores de interferência radioelétrica, e hoje poluindo de forma irreversível o éter.
Tempos atrás foi colocado em consulta publica (consulta 38 de 2008) pela Anatel a proposta de utilização da rede de distribuição elétrica para trafego de sinais de internet, o que seria, segundo opinião de especialistas de telecom, mais uma fonte de interferência a golpear as comunicações em RF.
Tudo indica que tal tecnologia foi descartada. Porém devemos estar atentos a todas ameaças aos serviços de radiocomunicação,  atuando junto à Anatel para preservação deste bem publico - espectro de RF.
Deste modo, sugiro que os colegas radioamadores leiam o artigo abaixo e estejam sempre atentos a tecnologias similares que possam surgir como ameaça aos  serviços de radiocomunicação, manifestando-se sempre, através da LABRE, para eventual atuação da nossa entidade representativa junto à Anatel.
73 a todos
Alexandre Leite Turella
PY1ALT
Diretor de Radioamadorismo e Ensino da LABRE-RJ
FONTE: LABRE-RJ
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário