quinta-feira, 20 de outubro de 2016

MUDANÇAS NO PLANO DE BANDAS DA IARU REGIÃO 2

CONSELHO ESTADUAL DA LABRE-RJ



Posted: 17 Oct 2016 05:45 PM PDT
A LABRE esteve presente na XIX Assembléia Trienal da IARU R-2 ocorrida em Viña del Mar na semana passada, de 10 a 14 de outubro/16.
Solicitamos divulgação ampla para o texto abaixo, que trata de matéria em que a LABRE foi protagonista.
73
Orlando .·. PT2OP

MUDANÇAS NO PLANO DE BANDAS DA IARU REGIÃO 2

Foi aprovado no dia 14 de outubro de 2016, durante reunião plenária da
XIX Assembleia Geral da IARU Região 2 na cidade de Viña del Mar,
Chile, o novo Plano de Bandas da IARU Região 2.
Duas comissões de espectro (HF e VHF) foram unidas e contaram com 14
delegados. Foram discutidos 6 documentos e anexos que cobriram vários
itens com propostas enviadas pela ARRL, LABRE e RAC, além de
documentos informativos da IARU Região 1 e Comitê de Coordenação de
Frequências Satelitais da IARU.
As alterações visaram maior harmonização com os planos das regiões 1 e
3, a introdução práticas operacionais já consagradas, a
contextualização das larguras de banda e modos nos segmentos de
satélites para encorajar o uso de novas tecnologias para comunicações
espaciais.
Resumo dos itens aprovados
- Melhorias nas definições da faixa passante, acréscimo de preferência
pelo uso do USB em 60 m e restrição de concursos também nos 60 m;
- Inserção da nova faixa dos 60 m com subfaixas e notas de rodapé
semelhantes ao já aplicado na região 1;
- Melhorias editoriais nas notas de rodapé sobre ACDS nas faixas
abaixo dos 2 MHz e acima dos 5.6 GHz;
- Inclusão de ACDS em 2200 m;
- Maior restrição de faixa passante em 630 m;
- Inserção de subfaixa para modos digitais em 80 m com faixa passante
restrita, preservando espectro atual de CW;
- Atualização e harmonização da faixa dos 160 m;
- Inserção de notas sobre AM nas faixas as quais o modo é autorizado,
tal como previsto nas definições, para mais rápido entendimento e
interpretação das orientações;
- Reconhecimento da prática do AM em 15 m com inserção de subfaixa
correspondente não exclusiva;
- Reconhecimento da prática de chamadas gerais em 144,3 MHz e uso do
CW/SSB até 144,360 MHz;
- Melhor definição das subfaixas e condições operacionais para
satélites em 2.4 GHz;
- Mudanças editoriais e inserções de notas de rodapé sobre larguras de
banda e modos aplicados para comunicações espaciais em 3.4 GHz, 24 GHz
e 47 GHz.
Tal como na assembleia anterior, a maioria das propostas veio da
LABRE, inclusive a inserção da nova faixa dos 60 m. Todas as sugestões
labreanas aprovadas. A parceria com a ARRL foi repetida nas comissões
de espectro com Brian Mileshosky, N5ZGT na presidência e Flávio
Archangelo, PY2ZX na secretaria.
O Plano de Bandas não tem força de lei. Trata-se uma orientação para
as entidades membro da IARU em seus respectivos países, especialmente
naqueles onde as subfaixas são autorreguladas.
Nos demais, como o Brasil, é indicada intermediação das entidades
membro da IARU com as administrações nacionais de telecomunicações
para que os regulamentos reflitam ao máximo as orientações para a
região.
O Plano de Bandas aprovado será nos próximos dias publicado no site
oficial da IARU Região 2, com divulgação da LABRE/GDE.
LABRE atuante na IARU
Francisco Queiroz, PY2FR, decano da assembleia, foi escolhido para a
presidência do Comitê Eleitoral. Reinaldo Leandro, YV5AM, foi
reconduzido para a presidência da IARU Região 2. Gustavo de Faria
Franco, PT2ADM, foi confirmado como Diretor da Área F.
Integraram ainda a delegação labreana Orlando Perez Filho, PT2OP e
Paulo Hernandes, PT2NP, que acompanharam os comitês de espectro e a
oficina de comunicações emergenciais.
Seja você também um labreano. Fortaleça a defesa e o desenvolvimento
do radioamadorismo. A LABRE é entidade membro da IARU e está
constituída em formato confederativo, podendo o interessado se
associar a quaisquer de suas estaduais ativas.
Conheça e apoie o trabalho do Grupo de Gestão e Defesa Espectral da
LABRE. Informações em http://www.labre.org.br ou
http://www.radioamadores.org

FONTE: PT2OP - ORLANDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário