quarta-feira, 11 de julho de 2012

Anatel aprova plano de canais em onda curta

Anatel aprova plano de canais de radiodifusão em onda curta
05 de Julho de 2012
O Conselho Diretor da Anatel decidiu hoje, em sua 656ª reunião, aprovar
o Plano Básico de Distribuição de Canais de Radiodifusão Sonora em Onda
Curta (PBOC), nas faixas de 49 metros, 31 metros, 25 metros, 19 metros e
16 metros.
O novo documento tem como finalidade agrupar, em um único plano,
informações relevantes sobre a ocupação de canais de radiodifusão sonora
em onda curta no território nacional, o que contribui para a
revitalização do serviço mediante o surgimento da tecnologia de rádio
digital. Dentre essas informações estão:
a Localidade
a Unidade da Federação
a radiofrequência
a Potência de transmissão do sinal
dados da antena utilizada para transmissão
o horário do funcionamento da estação transmissora e
o respectivo Polígono, o qual representa a área de serviço da respectiva
emissora
O Serviço de Radiodifusão Sonora em Onda Curta tem suas faixas de
radiofrequências identificadas conforme o comprimento de onda médio das
frequências contidas na faixa:
Faixa de 49 metros: frequências de 5950 a 6200 kHz;
Faixa de 31 metros: frequências de 9500 a 9775 kHz;
Faixa de 25 metros: frequências de 11700 a 11975 kHz;
Faixa de 19 metros: frequências de 15100 a 15450 kHz;
Faixa de 16 metros: frequências de 17700 a 17900 kHz.
Apenas as faixas de 49 metros e 31 metros estavam agrupadas em planos
básicos. Com a aprovação de hoje, o novo plano substituirá as Portarias
MC nº 73 e nº 74, de 17 de setembro de 1990.
As diferentes faixas de frequência para a prestação da radiodifusão em
onda curta possibilitam que as emissoras transmitam sua programação
simultaneamente em mais de uma faixa. Dessa forma, caso a propagação do
sinal em uma dada frequência fique prejudicada em função do horário de
transmissão ou da época do ano, a emissora assegura a continuidade do
serviço por outra frequência outorgada.
A utilização dessas faixas de frequência possibilita a esse serviço
grande cobertura (nacional e internacional), tornando-se relevante para
o Brasil, em especial para a região Amazônica. Atualmente, 72 emissoras
estão em operação, com potência de transmissão variando entre 1 kW e 250 kW.
http://www.anatel.gov.br/Portal/exibirPortalNoticias.do?acao=carregaNoticia&codigo=25963
Matéria enviada por: Flávio - PY2ZX
radioescutas@yahoogrupos.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário