domingo, 24 de junho de 2012

Efeitos da atmosfera na propagação de ondas de rádio em VHF e UHF.

De uma forma geral, a atmosfera exerce uma influência importante na propagação de ondas de rádio em VHF e UHF.
O efeito da chuva pode ser percebido para frequências acima de 8 GHz, aproximadamente, causando atenuação, espalhamento e despolarização da onda propagante. Considerando-se a faixa de frequências utilizada em comunicações móveis (telemóveis), a chuva não apresenta problemas a esses sistemas.
Outro efeito atmosférico importante, e que abrange todo o espectro de radiofrequências, é a refração atmosférica. A pressão atmosférica, temperatura e humidade variam com a altura, provocando variação no índice de refração atmosférica, dependente desses três parâmetros.
As consequências da variação do índice de refração podem ser agrupadas em refração:
- por encurvamento na trajetória dos raios, regido pela lei de Snell da refração;
- por espalhamento devido à formação de porções da atmosfera ("bolhas") com índice de refração significativamente diferente do índice de refração das vizinhanças;
- por dutos, condição especial de comportamento do índice de refração, caracterizada pela inversão de seu gradiente entre certas alturas, fazendo com que a propagação da onda possa desviar-se da trajetória desejada (em sistemas ponto-a-ponto) sendo canalizada ao longo daquela região e podendo, inclusive, gerar interferência em sistemas distantes.
Embora a refração seja gerada por uma variação uniforme do índice de refração, decrescente com o aumento da altura, e esteja sempre presente na atmosfera, os outros dois fenómenos constituem situações anómalas no comportamento do índice de refração.
As condições anómalas são determinantes na propagação troposférica, afetando especialmente enlaces em micro-ondas de algumas dezenas de quilómetros. Essas condições não são características da propagação terrestre. Porém, a variação temporal do índice de refração pode afetar também a propagação nos sistemas de comunicações móveis. A dinâmica do índice de refração é um dos fatores que contribuem para o desvanecimento em larga escala do sinal. Qualquer outra causa de atenuação devida à atmosfera (gases e neblina, por exemplo) não tem influência relevante.
Fonte: ASPECTOS DE RÁDIO - PROPAGAÇÃO (3) por Márcio Eduardo da Costa Rodrigues.
_____________________________________-
Date: Fri, 22 Jun 2012 16:35:06 +0100
From: João Gonçalves Costa <joao.a.costa@ctt.pt>
Subject: ARLA/CLUSTER: Efeitos da atmosfera na propagação de ondas de
       rádio em VHF e UHF.
To: "CLUSTER (cluster@radio-amador.net)" <cluster@radio-amador.net>
Message-ID:
       <5C4C49AFB7040B42B32EB395C8F7887F855BEAC987@EXH100.w2k.ctt.pt>
Content-Type: text/plain; charset="iso-8859-1"

Nenhum comentário:

Postar um comentário